Cursos do Pronatec Fortaleza 2015/ 2016

Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) já registrou o número de 4,6 milhões de pessoas que foram beneficiadas, em mais de 3.200 cidades de todo o Brasil.  Aos moradores de Fortaleza são oferecidos vários cursos gratuitamente. O projeto funciona como forma de incentivo para que os conterrâneos de Jorge Amado adquiram conhecimentos relacionados à área de atuação que desejam seguir no mercado de trabalho futuramente. Os cursos são gratuitos e têm a duração mínima de 160 horas. Os participantes recebem material didático e auxílio para transporte e alimentação.

Quais cursos estão disponíveis no Pronatec Fortaleza 2015/ 2016?

Em Fortaleza, o Pronatec disponibiliza cursos, como: Padeiro, Salgadeiro, pedreiro de alvenaria, encanador instalador predial, cuidador de idoso, recepcionista em meios de hospedagem, recepcionista de eventos, agente de informações turísticas, auxiliar de cozinha, camareira, garçom básico e bartender.

 Pronatec 2014 2015

Quem pode fazer os cursos do Pronatec Fortaleza 2015/ 2016?

Pessoas de 18 a 59 anos com formação nos ensinos Fundamental e Médio completos ou incompletos poderão se inscrever nos cursos do Pronatec. Além disso o Pronatec se oferece como oportunidade de ensino técnico para estudantes do Ensino Médio, e pode contribuir na qualificação profissional para jovens e adultos que buscam a oportunidade de melhorar sua formação; também o público do programa Brasil Sem Miséria pode ser beneficiado pelos cursos do Pronatec, como forma de incentivo social.

Como fazer a inscrição para os cursos do Pronatec Fortaleza 2015/ 2016?

Para realizar a inscrição no Pronatec pode-se efetuar o cadastramento no site oficial do Pronatec. Também, os interessados em participar dos cursos do Pronatec devem estar inseridos em um dos programas sociais do governo federal. Os pretendentes devem comparecer a um dos 23 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) na Capital em até dez dias antes de iniciar as aulas, ou enquanto houver disponibilidade de vagas. Os documentos exigidos para a inscrição são: declaração com o Número de Inscrição Social (NIS), RG, CPF e comprovante de residência. Faz-se necessário estar cadastrado ou em processo de cadastramento no CadÚnico (Cadastro Único), mesmo que o candidato não seja beneficiário do Programa Bolsa Família ou do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Comente (será moderado)